Procurada pelo Jornal Opção, prefeitura não respondeu sobre quando serviços devem começar

[relacionadas artigos=”121493, 100893″]

Anunciadas para abril, as obras do projeto do complexo cultural apelidado de “Casa de Vidro” ainda não começaram e estão sem previsão para retomada. A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Iris Rezende (MDB) há quase dois meses, durante solenidade no Paço municipal, e a previsão era que as obras começariam no mês de abril.

De acordo com a prefeitura de Goiânia, ainda não há uma data marcada. O motivo do adiamento não foi respondido após questionamentos do Jornal Opção.

Localizado na Avenida Jamel Cecílio com Av. E e Rua 52, no Jardim Goiás, o espaço será destinado a atividades culturais e artísticas, terá três pavimentos e mais de dois mil m² de área construída.

Em julho do ano passado, uma reportagem mostrou que o local acabou virando ao longo dos anos abrigo para moradores de rua e estacionamento para vizinhos e trabalhadores da região.

De acordo com o contrato firmado com a vencedora da nova licitação, a Geo Engenharia, os trabalhos devem ser concluídos em 12 meses. Os recursos são uma parceria entre Ministério do Turismo, Prefeitura de Goiânia e Caixa Econômica Federal. A Secretaria Municipal de Cultura administrará a unidade.