Projeto que homenageia general goiano é aprovado no Senado

Joaquim Xavier Curado é celebrado em projeto de lei de autoria do senador Vanderlan Cardoso (PSD)

O Projeto de Lei N° 3143/2021 que inscreve o nome do General Joaquim Xavier Curado no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria foi aprovado, por unanimidade, no Senado Federal. O projeto, de autoria do senador Vanderlan Cardoso (PSD), foi deferido na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta quinta-feira, 17. De acordo com o senador, a homenagem se deu porque o general, natural de Pirenópolis (GO), é graduado no Exército Brasileiro e, entre tantas conquistas, lutou pela emancipação do Brasil em relação à Coroa portuguesa, tendo papel fundamental frente ao contingente em torno do ideal da independência.

A matéria foi uma solicitação de bases eleitorais em Goiás. Agora, o projeto seguirá para a Câmara dos Deputados. Para Vanderlan, a proposta faz justiça à memória de um honrado filho de Goiás que lutou pela emancipação do Brasil. “Fico muito feliz com a aprovação desse projeto, pois, pudemos fazer justiça à memória de um honrado filho de Goiás. A trajetória, a vida e os grandes feitos de Xavier Curado são de importância inquestionável para o País. Agradeço ao senador Izalci Lucas, do Distrito Federal, pela brilhante e célere relatoria”, disse Vanderlan.

Joaquim Xavier Curado, nascido em Meia Ponte (atual Pirenópolis), ingressou na carreira militar aos 21 anos de idade, ofício que exerceu por mais de seis décadas. Também esteve em marcha com o Exército expedicionário para o Rio Grande de Sul, com finalidade de expulsar os espanhóis que ocupavam parte do nosso território. Além de ter idealizado e fundado a Academia Militar, que seria a precursora da atual Academia Militar das Agulhas Negras. 

Além de general, Joaquim foi graduado no posto de marechal-de-campo. Dois anos depois, partiu para o Rio Grande do Sul para se integrar na invasão do Uruguai. Participou ativamente das batalhas da chamada Banda Oriental, lançando-se em favor da definição das fronteiras brasileiras. Nessa campanha, como comandante do Exército Pacificador, alcançou memoráveis êxitos e venceu importantes batalhas no Sul do País. Xavier Curado faleceu aos 87 anos, tendo exercido importantes funções até o final da vida.

Em 2006, um projeto de lei já havia sido apresentado pelo deputado Leandro Vilela (PMDB) para inscrever o nome do general no Livro dos Heróis da Pátria. A inclusão do nome do Joaquim Xavier no livro contribui para o engrandecimento da homenagem prestada a figuras da história brasileira e do Estado de Goiás, acredita o senador Vanderlan Cardoso. O nome do general acompanha o de Tiradentes, D. Pedro I e Zumbi dos Palmares, por exemplo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.