Projeto de lei propõe criação de centro de apoio a autistas em Goiás

Proposta é do deputado Marlúcio Pereira e tem como objetivo auxiliar famílias que possuem integrantes com autismo

Marlúcio Pereira | Foto: Ruber Couto

O deputado Marlúcio Pereira (PRB) propôs um projeto que, se aprovado e sancionado, obriga o Estado a criar um centro de apoio e desenvolvimento a pessoa com transtorno do Espectro Autista. A matéria, que tramita na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) tem, como objetivo, auxiliar pais que possuem filhos autistas.

De acordo com o projeto, o local deverá conter profissionais como fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, psiquiatra, terapeutas e psicopedagogos.

“O autismo é um transtorno de desenvolvimento que, geralmente, aparece nos três primeiros anos de vida e compromete as habilidades de comunicação e interação social. O Transtorno do Espectro Autista é definido pela presença de déficits persistentes na comunicação social e na interação social em múltiplos contextos, atualmente ou por história prévia, de acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais”, destaca o parlamentar em sua proposta.

O projeto foi encaminhado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) para ser apreciado. Além disso, a matéria está disponível para votação no Opine Cidadão da Alego. Basta acessar o site clicando aqui e votar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.