Projeto de lei proíbe consumo de álcool em parques e praças de Goiânia

Vereador Cabo Senna, autor da proposta, defende que local público não é espaço para “bebedeira” e diz que liberação incentiva consumo de álcool por menores de idade

Eventos, como o Muda que fez grande sucesso na capital, podem acabar sendo inviabilizados. Apesar de não terem o álcool como foco, as pessoas aproveitam para beber uma cerveja ou vinho | Foto: Dilan Furia

Um projeto de lei que tramita na Câmara Municipal de Goiânia pretende proibir o consumo de bebida alcóolica em parques e praças da capital. A proposta foi apresentada pelo vereador Cabo Senna (PRP), que justifica que os locais públicos não são locais para “bebedeira” e sim um espaço para que as famílias possam aproveitar.

“Esperamos que os colegas vereadores aprovem e o prefeito sancione essa lei para que, de uma vez por todas, sejam retiradas das praças e parques de Goiânia a bagunça e a bebedeira e deixem os locais para que as pessoas possam curtir com a família”, justificou o vereador.

Se aprovada, a proposta pode afetar eventos apresentações artíticas e musicais que reúnem dezenas de pessoas em parques de Goiânia, como apresentações da orquestra sinfônica e o encontros promovidos pelo Movimento Urbanístico Diversidade e Arte (Muda).

O autor do projeto, por sua vez, acusa que, muitas vezes, quem faz o consumo de bebidas alcóolicas nesses locais são menores de idade.

“Trabalhei por 25 anos na polícia militar e quantas vezes já vi crianças e adolescentes tomando bebidas alcóolicas em parques e praças. Esses locais não foram feitos para isso. Infelizmente, mesmo com a proibição, bares e supermercados vendem esses produtos para menores de idade, que fazem o consumo nesses locais”, justificou Cabo Senna.

“Essa bebedeira faz com que crianças e o adolescentes façam sexo cada vez mais novos e, consequentemente, adquiram doenças. Essa é a nossa preocupação. Não tem fiscalização e isso é muito preocupante. Crianças de 11,12 anos já bebendo em praças públicas.”

Segundo o projeto de lei, a responsabilidade por ficalizar o consumo de álcool  nos locais públicos seriam atribuição da Guarda Civil Metropolitana, já responsável pela segurança dos locais.

 

Uma resposta para “Projeto de lei proíbe consumo de álcool em parques e praças de Goiânia”

  1. Ciro disse:

    Nem sou morador de Goiânia, mas nunca li sobre um projeto de lei tão estúpido e sem embasamento algum. Senhor vereador, acredito que sua cidade tenha problemas maiores a serem tratados do que sua preocupação com o que as pessoas estão ou não consumindo ou o próprio lugar (?). Afinal. acredito que esses locais são públicos e não devem ser impostas ações de proibição e manobras políticas para chamar a atenção. Porque não faz jus aos votos que teve e pense com sua equipe em projetos de lei que realmente façam a diferença. Acredito que o senhor vereador deve buscar ir realmente trabalhar do que ficar se preocupando com uma coisa tão super fula e irrelevante para o desenvolvimento do município igual a essa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.