Projeto de Lei goiano que integrará dados pessoais dos cidadãos é enviado à Assembleia Legislativa

Se aprovada, matéria permitirá unificação de informações como número de RG, CPF, título de eleitor e outros para adoção de políticas públicas

Por Alzenar Abreu

Um programa do governo estadual batizado de ‘Sistema Estadual de Informações Cidadãs, (SEIC) foi enviado à Assembleia Legislativa e aguarda para apreciação na Casa Legislativa.

O novo sistema tem como objetivo montar, em cadastro único, banco geral de dados dos goianos ou moradores no estado para adotar programas sociais e de segurança, com garantia de sigilo das informações coletadas.

Dados acumulados durante a vida do usuário como informações biográficas, biométricas, registro de nascimento, emissão de documentos pessoais, título de eleitor, carteira de habilitação e outros, serão integrados na base de dados.

O vice-governador e coordenador do programa Goiás de Resultados, Lincoln Tejota, explica que as informações serão usadas de forma inteligente e responsável. “É um projeto inédito no Brasil, onde os dados trabalhados serão devolvidos às pessoas em forma de benefícios e políticas públicas planejadas e organizadas”.

“Nossa meta é garantir o controle de problemas e demandas sociais de nossos serviços, além de aumentar a segurança das informações processadas”, ressaltou.

De acordo com Tejota é importante esclarecer que o Sistema Estadual de Informações Cidadãs não viola nenhum tipo de sigilo dos dados pessoais, pois utiliza, apenas, informações já existentes.

“Dependemos da aprovação dos deputados para dar o andamento necessário na proposta. Toda administração estadual está envolvida neste processo que também dará celeridade a várias ações de planejamento do governo”, completou Lincoln.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.