Projeto de empréstimo com o Judiciário para pagar folha de servidores é aprovado na Comissão Mista

Dinheiro será devolvido em quatro vezes entre setembro e dezembro deste ano

Deputado Rafael Gouveia (DC) | Foto: Divulgação

O deputado Rafael Gouveia, relator do projeto do Governo do Estado que pede empréstimo ao Tribunal de Justiça para pagar folha dos servidores do Judiciário, apresentou relatório favorável ao texto na Comissão Mista da Casa, que aprovou a matéria. “Para que haja fôlego a mais na administração deste Estado”, disse.

Ele ainda disse que a medida é necessária devido a dívidas deixadas pelo governo passado. “Governador nenhum queria pegar empréstimo se tivesse dinheiro em caixa. Governo passado deixou mais de R$ 1 bilhão de dívida em funcionalismo”, disse.

A deputada Lêda Borges (PSDB), que é da oposição, fez críticas à administração, mas afirmou que votará favorável ao projeto. “Porque eu acho que os servidores têm que receber. Mas se não tem dinheiro para pagar o Judiciário e vai pegar emprestado, como vai pagar os demais poderes?”, pontuou.

Ao Jornal Opção, Rafael Gouveia disse que se trata de um empréstimo de R$ 230 milhões, repassados em duas vezes de R$ 115 milhões, que devem pagar os salários de junho e julho da categoria. A devolução, segundo ele, será feita em quatro vezes, com parcelas em setembro, outubro, novembro e dezembro deste ano.

“Mas esse repasse só será feito depois que tiver sinal verde do CNJ, TCE e do MPGO, para evitar problema. Além disso, as parcelas vão contar com correção igual à que seria aplicada Fundesp”, explicou.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Edvaldo araújo de souza

E o pagamento de dezembro e decimo terceiro cade? Os culpados nao ficarao inpune diante do Todo Poderoso. Ele nao dorme e nem tosqueneja…