Projeto cria delegacia especializada em atendimento às pessoas com deficiência

Proposta tramita na Assembleia Legislativa e pretende regulamentar unidades especializadas em Goiânia e Anápolis

Henrique Arantes | Foto: Ruber Couto / Alego

Tramita na Assembleia Legislativa, projeto de lei da Governadoria do Estado de Goiás que prevê a criação de delegacias de Polícia Civil. No texto, está incluso emenda do deputado Henrique Arantes (PTB) para inserir na estrutura organizacional da Delegacia Geral, as Delegacias Especializadas no Atendimento às Pessoas com Deficiência (DEAPD) em Goiânia e Anápolis.

O deputado, que articulou acréscimo da proposta junto ao governo, argumenta que Goiás é o estado que conta com o maior número de pessoas portadoras de deficiência no Centro-Oeste.

“Este novo projeto mostra o entendimento do governo do Estado à proposta que apresentei. Vejo como um excelente momento para garantir o melhor atendimento às pessoas com deficiência, além de aprimorarmos outras unidades com esse mesmo propósito”, disse Arantes.

A experiência em Goiás do funcionamento de uma delegacia com o atendimento voltado para pessoas com deficiência é positiva.

Em Anápolis, a Delegacia Especializada no Atendimento à Pessoa com Deficiência já funciona desde 2014, anexa à Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso e ao 6º Distrito Policial de Anápolis. Apesar de ainda não ser regulamentada por lei, reformas de acessibilidade para portadores de deficiência foram garantidas pela unidade.

Deixe um comentário