Começou nesta semana o projeto Circo na Estrada de Ferro, do grupo Tito Trupe Show, levando para escolas do interior diversas apresentações artísticas. O show inclui palhaços, mágica, malabarismo, contorcionismo e equilibrismo. A turnê circense vai percorrer 18 cidades riscadas pela antiga Estrada de Ferro Goiana, por onde os circos chegavam ao Estado no começo do século 20.

Em cada uma das cidades, serão duas apresentações, sempre às 10h e às 14h. A estreia aconteceu na segunda-feira, 20, na Escola João e Maria, em Anhanguera. As apresentações seguem durante esta semana para Cumari, na Escola Gotinhas do Saber, na terça-feira, 21; em Goiandira, na Escola Municipal Santa Maria Goretti, na quarta-feira, 22; em Ipameri, na Escola Municipal Godofredo Perfeito, na quinta-feira, 23; e em Urutaí, na Escola Municipal Maria Cândida de Jesus, na sexta-feira, 24.

A ação está entre os 45 projetos contemplados pelo programa E+ Cultura, do Grupo Equatorial Energia, que já soma cerca de R$ 12 milhões em patrocínios no ano de 2023 em Goiás, via Programa Estadual de Incentivo à Cultura – Goyazes.

Lista de cidades (sujeita a alteração):

Anápolis, Anhanguera, Bonfinópolis, Caldazinha, Catalão, Cumari, Goiandira, Ipameri, Leopoldo de Bulhões, Luziânia, Orizona, Ouvidor, Pires do Rio, Senador Canedo, Silvânia, Urutaí, Valparaíso de Goiás e Vianópolis.

Leia também:

Equatorial, Enel: que venha a CPI

Sesc Goiás lança exposição em comemoração aos 90 anos de Goiânia

Igreja do Nosso Senhor do Bonfim em Silvânia é restaurada