Projeto apresentado na Câmara Municipal obriga empresas a disponibilizarem álcool gel dentro do transporte coletivo

Dispenser com álcool 70% deve ser instalado na entrada de passageiros

Dispenser de álcool gel | Foto: Reprodução

Projeto de lei que obriga empresas responsáveis pelo transporte público coletivo em Goiânia a instalar, manter e abastecer dispenser de álcool em gel 70% dentro dos ônibus foi apresentado na Câmara Municipal de Goiânia. Matéria de autoria do vereador Ronilson Reis (Podemos) visa assegurar a higienização das mãos dos passageiros e aumentar proteção contra Covid-19.

Assim, a proposta estabelece que o ponto de afixação do dispensador de álcool em gel deverá, necessariamente, ser instalado próximo à porta de entrada dos passageiros, com informação indicando para o uso do líquido.

Ronilson explica que, pelo grande fluxo diário de passageiros, o transporte público não pode estar isento das medidas sanitárias. “O transporte coletivo, mais do todos os outros, precisa seguir, com rigor, esta medida sanitária. É necessário e deve ser obrigatório”, opina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.