Projeto acolhe pacientes que ficaram com sequelas de Covid-19

Três tipos de tratamento são oferecidos. Segundo coordenadora da reabilitação, impacto maior é sentido no psicológico das pessoas afetadas pela doença

CRES direciona atendimento para pacientes pós-covid. | Foto: divulgação

O Centro de Reabilitação Esporte e Saúde (CRES), em Senador Canedo, ganhou outra função em decorrência da pandemia. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) instituiu uma ala exclusiva para receber pacientes acometidos por sequelas da Covid-19. Dos 60 pacientes que fazem tratamento no local, estima-se que 1/3 recebe o tratamento de reabilitação em decorrência da doença.

Maryane Marçal é coordenadora da reabilitação. Apesar do tratamento dos pacientes pós-covid ser direcionado à fortalecimento muscular, coordenação motora e respiratória, o impacto maior na vida dos afetados pela doença é outro. “Esses (aspectos físicos) a gente até consegue reverter, mas a sequela mais grave que temos percebido é na parte psicológica. O paciente chega muito abatido, depressivo, com síndrome do pânico, com medo de ficar doente novamente. Chegam a pensar que nunca mais será como antes da doença”, destacou a coordenadora.

Segundo Maryane, o tratamento psicológico ou psiquiátrico simultâneo é indispensável. “Para alguns, é preciso entrar com uso medicamento”, afirmou a coordenadora.

O tratamento pós-covid é disponibilizado no CRES de três formas: atendimento domiciliar, ambulatorial e terapia de grupo. O primeiro é direcionado para pacientes mais graves, que não tem condições de sair de casa. O segundo atende pessoas que necessitam de cuidado específico, mas tem independência para ir até o ambulatório. Por fim, o terceiro visa atender pacientes mais leves, mas com psicológico afetado.

Maryane ressalta os resultados do grupo chamado “pós-covid”. “Os resultados são muito bons, temos depoimentos lindíssimos. Um deles (paciente) fez homenagem para equipe com uma música na igreja”, contou a coordenadora. A terapia também é acompanhada por fisioterapeutas.

CRES direciona atendimento para pacientes pós-covid. | Foto: divulgação

O atendimento para os paciente pós-covid no CRES é feito de forma diferenciada. O horário regular de funcionamento do centro de reabilitação é das 8h às 17h. Para as pessoas com sequelas da doença, vai das 7h às 19h. “Esse horário de funcionamento estendido favorece o atendimento, dá mais flexibilidade para população, que, muitas vezes, perdia o serviço pois o horário coincidia com o do emprego, por exemplo”, contou Maryane Marçal.

O CRES em Senador Canedo foi reinaugurado em junho desde ano. A estrutura funciona em parceria entre a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SEMEL) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O atendimento é voltado para o fortalecimento da musculatura esquelética, que visa reduzir a perda de massa muscular, e exerce papel importante na qualidade cardiorrespiratória dos pacientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.