Programa de estímulo a agricultura familiar busca combater a fome em Goiás

Entidades receberão doações de alimentos a partir de 2021 para enfrentar a insuficiência alimentar

Alimentos serão doados para combater fome em Goiás. │Foto: Reprodução

Com objetivo de combater a fome em Goiás e propiciar renda para pequenos agricultores, o governo do Estado em conjunto com o Ministério da Cidadania vão operacionalizar pela primeira vez, em dois anos, o Programa de Aquisição de Alimentos Estadual (PAA/GO). Foram selecionados 825 produtores da agricultura familiar de 92 municípios goianos para participar da iniciativa.

O programa irá financiar a produção desses agricultores familiares, com recursos provenientes do Ministério da Cidadania. Estão previstos recursos da ordem de R$53.600 por município. A expectativa é de que o programa propicie aos produtores rurais a possibilidade de comercialização de seus produtos ao mesmo tempo permite doar os alimentos adquiridos para as entidades sociais que mais precisam. A previsão é de que os primeiros lotes de alimentos sejam entregues em janeiro de 2021.

Faz parte da lista de produtos alimentícios a serem adquiridos nesta primeira etapa, conforme o edital, esses itens: folhosos (alface, brócolis, couve, repolho verde e rúcula); frutas (abacaxi, banana, laranja, limão, melancia e tangerina); tubérculos e raízes (batata doce, beterraba, cenoura e mandioca); verduras e legumes (abóbora, chuchu, jiló, pepino, quiabo, tomate e vagem); temperos (cebolinha e cheiro verde); panificados (biscoito caseiro – peta, pão caseiro, bolo caseiro, bolo de mandioca); farináceos (farinha de mandioca, polvilho e fubá de milho); carnes (peixe tilápia em postas, carne suína e frango caipira abatido); grãos (feijão e arroz beneficiado – tipo 1, tipo 2).

A iniciativa faz parte de uma ação conjunta da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), com o apoio da Secretaria da Retomada.

A expectativa da Seapa é de que mais de 100 mil pessoas sejam beneficiadas direta ou indiretamente. A Secretaria de Estado também informou que esta iniciativa, executada pela primeira vez em Goiás neste ano, seja colocada em prática anualmente.

Instruções para selecionados

Os agricultores selecionados deverão aguardar contato do Ministério da Cidadania e da Seapa, nos próximos 30 dias, com informações sobre a entrega do cartão e orientações a respeito do direcionamento das entregas. O pagamento será realizado pelo Ministério da Cidadania, por meio do Banco do Brasil (em cartão específico), em até 45 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.