Programa CNH Social encerra inscrições com 90 mil registros

Contemplados na primeira etapa vão disputar 2.010 vagas, nas categorias Estudantil, Urbana e Rural, das quais 10% são destinadas à pessoas com deficiência

Carteira Nacional de Habilitação | Foto: Detran

O período de inscrições 1ª etapa do Programa CNH Social foi encerrado no sábado, 4. No total, foram 90.354 candidatos registrados no site oficial do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO).  Na próxima fase, que deve terminar até o dia 11 de fevereiro, o Detran vai disponibilizar a lista dos selecionados, a partir dos critérios determinados na Portaria 1138/2019. São oferecidas 2.010 vagas, nos segmentos Estudantil, Urbana e Rural (670 vagas para cada), sendo 10% destinadas a pessoas com deficiência.

O projeto de inclusão possibilita que a população de baixa renda obtenha gratuitamente a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), nas categorias A (motocicleta) ou B (automóvel), bem como, a adição das categorias A ou B e a mudança de B para D (ônibus e microônibus).

Os candidatos classificados serão isentos das taxas do Detran-GO (Inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático). Além disso, candidatos com deficiência terão isenção dos exames médicos, psicológicos, junta médica e toxicológico, que é exigido para categoria profissional.

Após o resultado final, os classificados terão até 15 dias para realizar a matrícula no programa.

Segmentos

As vagas da CNH Social Urbano são destinadas às pessoas que residem em área urbana do Estado de Goiás, são maiores de 21 anos, estão inscritas no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e concluíram o Ensino Fundamental. Além disso, o candidato não pode ter sofrido penalidades de infrações de trânsito grave, gravíssima ou não ser recorrente em infração média nos últimos 12 meses

A CNH Social Estudantil são para pessoas com idade entre 18 e 25 anos, inscritas no CadÚnico, que tenham cursado e concluído os três anos do Ensino Médio na rede pública e morem em qualquer município goiano. Também é necessário a comprovação da participação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) no ano anterior. O candidato não pode ter sofrido penalidades de infrações de trânsito grave, gravíssima ou não ser recorrente em infração média nos últimos 12 meses.

Já para participar do CNH Social Rural é preciso ser morador da zona rural de qualquer município goiano, maior de 21 anos, inscrito no CadÚnico e ter concluído o Ensino Fundamental. É necessário possuir Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), inclusive DAP Acessória emitida em Goiás. O candidato também não pode ter sofrido, nos últimos 12 meses, penalidades decorrentes de infrações de trânsito grave, gravíssima ou não ser recorrente em infração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.