Profissionais da enfermagem fazem carreata em defesa do piso salarial e redução de jornada

Trabalhadores visam a aprovação do Projeto de Lei 2564/20, que além de regulamentar o salário, propõe uma jornada de trabalho de 30 horas semanais; “Não adianta ser chamados de heróis sendo que é necessário um sobrecarga de trabalho para sobreviver”, diz presidente do COREN-GO

Profissionais da Enfermagem fazem carreata em prol da instituição do Piso Salarial e da redução da carga horária. | Foto: Reprodução


Profissionais da Enfermagem, com apoio das entidades representativas da categoria, se unem, na manhã desta terça-feira, 25, em uma carreata em defesa da aprovação do Projeto de Lei 2564/20. A matéria institui o Piso Salarial dos enfermeiros, técnicos, auxiliares de Enfermagem e parteiros. Além disso, busca regulamentar a carga horária de trabalho da categoria em 30 horas semanais.

No trajeto, o grupo percorrerá da Praça do Trabalhador, localizada em frente à Câmara Municipal de Goiânia, até a Praça Cívica. Foram chamados profissionais de todo o Estado de Goiás. A presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Goiás (COREN-GO), Edna Batista, relembra que, no mês de maio, se comemora a Enfermagem ações referentes a valorização do profissional. “Somos a maior categoria da saúde e a que tem os salários mais baixos, além de não ter sua carga horária regularizada. Aprovação dessa matéria é um pleito histórico da enfermagem”, afirma.

“Não adianta ser chamados de heróis sendo que é necessário um sobrecarga de trabalho para sobreviver. Encontramos em nosso Estado enfermeiros recebendo R$ 1.800 e técnico de Enfermagem R$ 900, isso faz com o profissional tenha três empregos. Estamos na linha de frente, na atenção direta do paciente, fomos a profissão com mais vítimas da COVID 19, então a valorização se faz mais do que necessária”, destaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.