Professor Rildo Bento, da UFG, lança livro sobre Pedro Ludovico

Publicação tem 400 páginas e apresenta quatro “fases” para entender a perpetuação da imagem do fundador de Goiânia no imaginário popular

Professor Rildo Bento e sua obra: 400 páginas sobre Pedro Ludovico em 4 capítulos | Foto: Michele Martins

O professor Rildo Bento de Souza, da Universidade Federal de Goiás (UFG), lança neste sábado, 23, às 19h30, pelo canal UFG Oficial no YouTube, o livro As raízes profundas do jequitibá: o processo de construção mítica de Pedro Ludovico Teixeira. (para acessar a transmissão no canal da UFG, clique aqui).

A transmissão contará com a participação do professor Francisco Itami Campos, da UFG; do diretor do Museu Pedro Ludovico Teixeira, Pedro Henrique Campos de Santana; e da pesquisadora e representante da família Ludovico, Maria Dulce Loyola Teixeira. Todos vão conversar sobre a data exata de 130 anos de nascimento do ex-governador e fundador de Goiânia, nascido em 23 de outubro de 1891.

Lançado pela editora Trilhas Urbanas, a obra tem 400 páginas e é dividida em quatro capítulos, contemplando a Revolução de 1930 e a ascensão de Pedro Ludovico ao poder; a construção de Goiânia e a transferência da capital; a consagração pela História e pela Memória; e, por fim, o tempo mítico, quando são analisados todos os elementos que identificam o médico e político na cidade construída por ele.

O professor defende que, atualmente, a imagem do político pode ser tida como a do primeiro grande mito fundador de Goiás: “Ao idealizar e construir Goiânia para ser a nova capital do estado, esta narrativa de criação ficou marcada como algo primordial, inicial, tornando-se ele mesmo, Pedro Ludovico, o criador e impulsionador do progresso em Goiás”, esclarece.

Com graduação, mestrado e doutorado em História pela UFG, Rildo é professor da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) e concentra seu trabalho como pesquisador em temas relacionados à memória e ao patrimônio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.