Produtor rural é assassinado e polícia faz cerco para prender autores

A polícia acredita que autores são quatro detentos que fugiram de prisão em Montes Claros

O produtor rural Antônio Carlos, conhecido como Carlinho do Gerônimo FIlho, 73, foi assassinado na tarde de sábado, 26, nas proximidades de Aragarças (MT). Ele foi morto com um tiro na cabeça, outro no peito e duas facadas. O corpo foi encontrado por vizinhos jogado no mato. A Polícia Militar de Goiás e Mato Grosso procuram os autores do crime.

De acordo com informações oficiais da PM, trata-se de um latrocínio, já que a caminhonete da vítima foi levada pelos bandidos. A polícia acredita que autores deste latrocínio sejam os mesmos fugitivos que fizeram um buraco na parede e escaparam da cadeia de Montes Claros (GO) no dia 21 de outubro.

Hipótese

Os quatro fugitivos da cadeia são Deusmar de Souza, Luciano Carneiro, Fabrício Farias e Igor Fernandes Barreira. Os relatos da PM dizem que, após a fuga, os detentos assaltaram um taxista ainda em Montes Claros e fugiram no carro, no sentido Mato Grosso. O  veículo foi recuperado pela PM de General Carneiro (MT) na quarta, 23.

Já na sexta-feira, 26, uma caminhonete Chevrolet D-10 foi furtada na área rural de Pontal do Araguaia (MT) e abandonada depois de apresentar problemas mecânicos.

No relatório, a PM diz que os fugitivos seguiram a pé até encontrar no caminho o senhor Carlinhos que dirigia sua caminhonete, um veículo F-4000. A caminhonete foi abandonado perto de um assentamento da região de Aragarças. A polícia acredita que os detentos estão escondidos nas proximidades.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.