Produtividade do trabalho na indústria cresce 8%, diz CNI

O crescimento está ligado ao aumento da intensidade do trabalho depois do período de pausa ou de pouco trabalho devido a pandemia

O indicador de produtividade subiu 8% de julho a setembro em comparação ao trimestre anterior| Foto: Hegon Correa

A produtividade do trabalho na indústria cresceu no terceiro trimestre de 2020, após seis meses consecutivos em queda por causa da pandemia de coronavírus. De acordo com levantamento divulgando pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o indicador subiu 8% de julho a setembro em comparação ao trimestre anterior. O crescimento não considera as sazonalidades, oscilações típicas de determinadas épocas do ano.

De acordo com a CNI, o crescimento está ligado ao aumento da intensidade do trabalho depois do período de pausa ou de pouco trabalho devido a pandemia, não por causa de ganhos de produtividade como maior qualificação do empregado. Mesmo com alta neste terceiro trimestre, a Confederação destaca que a produtividade do trabalho na indústria finalize em baixa expansão em 2020. Segundo a instituição, o indicador encerará o ano com crescimento abaixo de 1%, mesmo que o ritmo de alta seja mantido no último trimestre.

O levantamento considera o volume produzido pela indústria da transformação dividido pela quantidade de horas trabalhadas. No terceiro trimestre deste ano, a produção subiu 25,8% em relação ao período de abril a junho. As horas trabalhadas aumentaram 16,4% na mesma comparação, o que indica que cada trabalhador produziu em média 8% a mais que nos três meses anteriores.

Com este desempenho a indústria reverteu a queda da produtividade e passou a registrar crescimento de 7,2% em relação ao quarto trimestre de 2019. Na avaliação da CNI, tanto a aceleração da produtividade no terceiro trimestre como a queda acentuada do indicador nos seis primeiros meses do ano são movimentos temporários que refletem a reabertura da economia.

(Com informação Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.