Produção Industrial goiana registra maior avanço do Brasil

No mês de outubro, as indústrias cresceram 4,0 % em relação a setembro do mesmo
ano, sendo o avanço mais acentuado do país e a quinta taxa positiva consecutiva do Estado

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira, 10, os indicadores de produção do Estado de Goiás. De cordo com a pesquisa, em outubro de 2019, a produção industrial goiana cresceu 4,0 % comparada ao mês de setembro, o que constitui o avanço mais acentuado do país e a quinta taxa goiana positiva consecutiva.

A produção industrial nacional cresceu 0,8% na mesma base de pesquisa, sendo também o melhor desempenho da série histórica. Sete dos quinze locais pesquisados mostraram taxas positivas. Os avanços mais acentuados foram nos estados de Goiás (4,0%) e Amazonas (2,3%).

Já as variações nulas e negativas foram nos estados Paraná (0,0%), Espírito Santo (-8,1%), Pará (-1,3%), Ceará (-1,1%), Minas Gerais (-0,7%), Pernambuco (-0,6%), Santa Catarina (-0,6%) e Rio
Grande do Sul (-0,2%).

Foi observado também que que 7 das 9 atividades industriais pesquisadas tiveram avanço em Goiás. As principais variações positivas foram observados na fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias (96,1%), fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (24,9%) e a fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (20,5%).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.