Produção industrial goiana registra alta em relação ao ano de 2018

Em setembro, os balanços apresentaram queda de 0,1 % comparados ao mês de agosto, mas o setor industrial cresceu 1,6% em relação ao mesmo período de 2018

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

A Pesquisa Industrial Mensal, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira, 8, os indicadores econômicos de Goiás. De acordo com o estudo, em setembro de 2019, a produção industrial do Estado caiu 0,1% comparada ao mês de agosto e registrou a primeira queda após 3 meses de aumento consecutivo. Relacionada com setembro de 2018, a indústria goiana cresceu 1,6% e completou o terceiro aumento consecutivo.

A pesquisa também revelou que 6 das 9 atividades industriais analisadas tiveram avanço em Goiás e os resultados mais positivos foram encontrados na fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias (38,2%). Por outro lado, as variações mais negativas foram nas atividades de fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-12,0%), que apresentou a quarta queda consecutiva.

Ao nível nacional, o setor industrial demonstrou uma variação de 0,3% e fechou com 1,1% de crescimento, o primeiro índice positivo, após três índices negativos consecutivos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.