Produção industrial goiana é a segunda em expansão no país

Dos 14 Estados pesquisados pelo IBGE, sete registraram recuo nos índices. Impulsos também foram vistos no Ceará, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina

Extração de minérios foi um dos setores que proporcionou crescimento. Na foto, trabalhos feitos em Minaçu, Norte do Estado | Foto: Milton Brigolini/Panoramio

Setor da mineração foi um dos que proporcionou crescimento. Na foto, trabalhos de extração em Minaçu, Norte do Estado | Foto: Milton Brigolini/Panoramio

Goiás registrou o segundo maior avanço na produção industrial brasileira no mês de maio, se comparado a abril. Os responsáveis pela alta de 2,1% foram as produções de alimentos, de biocombustível e de minérios. Os dados mostram que a economia goiana cresceu acima da média nacional, que foi de -0,6%.

Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) na série com ajuste sazonal, Goiás ficou apenas atrás do Pará, que assinalou expansão 4,2% em maio e 12,4% no acumulado. No acumulado de quatro meses, a economia goiana alcançou 10,2%.  Se comparado ao mesmo período de 2013, a elevação foi de 4,2%.

Outros Estados que registraram altas foram Ceará (1,2%), Paraná (1,1%), São Paulo (1,0%), Minas Gerais (0,5%) e Santa Catarina (0,3%). No que se referem aos indicadores da produção industrial dos últimos 12 meses, Goiás cresceu 3,3%.

Das 14 unidades da federação pesquisadas, os que tiveram os piores desempenhos foram Amazonas (-9,7%), Bahia (-6,8%), Rio de Janeiro (-1,6%), Espírito Santo (-1,4), Rio Grande do Sul (-1%), Pernambuco (-0,2%) e Região Nordeste (-4,5%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.