Procurador da Fazenda que esfaqueou juíza será internado no Hospital das Clínicas

Ele será acompanhado pela equipe psiquiátrica, porque há risco de que cometa suicídio

Foto: Reprodução

Neste sábado, 5, o juiz federal de plantão Fernando Toledo Carneiro, determinou que o procurador da Fazenda Matheus Carneiro Assunção seja internado no Hospital das Clínicas de São Paulo, aos cuidados da equipe psiquiátrica. Ele está preso por tentar matar a facadas a juíza federal Louise Filgueiras na sede do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região.

Conforme a determinação, os agentes da Polícia Federal não devem ficar presentes na unidade de saúde, porém o HC está proibido de liberar sem autorização judicial o preso. Antes da decisão, Assunção iria para Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico “Dr. Arnaldo Amado Ferreira”, em Taubaté. O motivo para a internação psiquiátrica é que há risco de que ele cometa suicídio.

Isso, porque, logo após esfaquear a juíza, ele tentou se matar. Andréia Moruzzi, juíza da 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo, que deu esse entendimento sobre o caso. Ela, inclusive, deferiu pedido de instauração de incidente de insanidade mental, que irá avaliar o grau de discernimento do réu.

A ação, segundo o próprio procurador, teria sido “uma forma de protesto”. Ele atacou a juíza com uma faca, acertando-a no pescoço, e jogou uma jarra de vidro na magistrada, que sofreu ferimentos Alves. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.