Procon sugere que abaixo-assinado contra show de Pabllo Vittar partiu de organizadores

Suposto documento que defende “valores cristãos” como justificativa contra a cantora e drag queen causou furor nas redes sociais 

Reprodução

O Procon do município de Anápolis emitiu nota neste final de semana em que comenta um suposto abaixo-assinado que tenta impedir a realização de um show da cantora e drag queen Pabllo Vittar na cidade por ir contra “valores cristãos”.

No comunicado, o órgão de defesa do consumidor, por meio de seu presidente, afirma que, após averiguação em redes sociais, é possível afirmar que o documento é falso e teve como objetivo “promover verdadeiro ódio da comunidade LGBT contra os cristãos da cidade”.

“Quem tramou tudo isso conseguiu obter verdadeira divulgação do referido show que acontecerá em Anápolis, garantindo de um dia para o outro numeroso público, inclusive porque toda essa situação está contando com detalhada cobertura da imprensa anapolina e do Estado de Goiás”, diz a nota de alerta, que chega a citar o nome de uma das organizadoras do evento.

Em outro trecho, o presidente também afirma ser falsa a notícia da realização de uma “marcha hétero em defesa da família”, anunciada pelo mesmo documento. Segundo o comunicado, os eventos marcados no Facebook teriam vindo de perfis falsos.

A apresentação de Pabllo na cidade goiana está marcada para o dia 23 de dezembro, no Espaço Lune, localizado na BR-060. Confira abaixo a íntegra da nota divulgada pelo presidente do Procon anapolino, Valeriano Pereira de Abreu:

NOTA DE ALERTA

Vez que o nome do PROCON foi envolvido na suposta tentativa de se buscar o cancelamento do Show do Pablo Vittar em Anápolis, previsto para a longínqua data de 23/12, passei a investigar para saber a origem de tal iniciativa.

Constatei que os meios divulgados através das redes sociais para se impedir o show seriam um abaixo assinado eletrônico, um abaixo assinado físico e uma “marcha hétero em defesa da família”.

O abaixo assinado eletrônico e o convite para a “Parada hetero em defesa da família anapolina” foram criados por INGRID DOS SANTOS (https://www.facebook.com/ingrid.dossantos.718689) e divulgados no Facebook por ela e por GILDA MIRANDA (https://www.facebook.com/gilda.miranda.92317…). Ocorre que ambas tem menos de 2 meses que fazem postagens no Facebook, motivo pelo qual é de se acreditar que trata-se de PERFIS FALSOS.

Já o abaixo assinado impresso, não foi possível identificar de onde o mesmo surgiu. O certo é que no Facebook, o perfil a partir do qual houve a maior divulgação que pude constatar é de NOWHAH LUIZA (https://www.facebook.com/nowhahluiza), que coincidentemente foi gestora da entidade COLETIVO PEQUI, a qual é a organizadora do show em questão. Pelo seu perfil no Facebook, percebe-se que, mesmo depois dela se tornar Diretora na Secretaria de Cultura, ela continuou com fortes ligações com tal entidade e com o Centro Cultural Joana Dark (também dirigido pela mesma e que está localizado no mesmo endereço do Coletivo Pequi).

Tais informações levam às seguintes conclusões:
1. Não tem nenhuma pessoa (séria) organizando qualquer abaixo assinado ou “marcha hetero em defesa da família;

2. Quem tramou tudo isso teve o objetivo de promover verdadeiro ódio da comunidade LGBT contra os cristãos da nossa cidade;

3. Quem tramou tudo isso conseguiu obter verdadeira divulgação do referido Show que acontecerá em Anápolis, garantindo de um dia para o outro numeroso público, inclusive porque toda essa situação está contando com detalhada cobertura da imprensa Anapolina e do Estado de Goiás.

(Valeriano Pereira de Abreu)

2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ruth

Caros amigos, Sou Anapolina de coração, e apesar de evangélica não admito preconceitos de qualquer tipo, seja por classe, gênero ou opção sexual. Temos homossexuais na família e mesmo na minha Igreja e todos nos tratamos com respeito e dignidade, como deve ser entre todas as pessoas. O mandamento de Jesus é amar o próximo. As minhas convicções pessoais e a minha fé eu professo no púlpito, na minha vida, na minha Igreja e principalmente com DEUS. Digo isso porque muito me indigna o suposto abaixo assinado dizendo falar pelos evangélicos de Anápolis. Está na cara que foi feito pelos… Leia mais

Mauricio

Por que os heteros não aproveitam a deixa da notícia falsa e não se organizam para uma marcha real? Tomem posição povo anapolino.

Lorena

Além de retardado é frouxo!! Retardado por pensar que uma marcha hetero tem que ser feita e frouxo por qurer que os outros tomem a iniciativa de fazê-la, ou seja apenas mais um medíocre civil que só cobra direitos na internet.