Procon identifica variação de mais de 20% no preço do litro da gasolina em Goiânia

Disparidade é ainda maior para valores encontrados de etanol e diesel em diferentes estabelecimentos na capital

Foto: Bruna Aidar / Jornal Opção

O Procon Goiás divulgou nesta segunda-feira (14/8) pesquisa sobre a diferenciação de preços entre diferentes postos de combustíveis em Goiânia e constatou variações que chegam a mais de 20%.

A maior diferença foi identificada no preço do etanol, cujo menor valor encontrado foi de R$ 2,369 e o maior R$ 2,999, ou seja, mais de R$ 0,60 ou 26,59% de diferença.

No caso da gasolina, os agentes do Procon encontraram o produto sendo vendido a R$ 3,57, menor valor, e R$ 4,299, maior valor. A variação de mais de R$ 0,70 equivale a 20,42%.

Já o diesel sofreu uma diferenciação de preço de 24,41%. O combustível  foi encontrado a preços que variam entre R$ 2,99 e R$ 3,72.

Fiscais e pesquisadores do Procon Goiás visitaram 104 postos de combustíveis da capital entre os dias 8 e 10 de agosto. As equipes se dividiram para coletar os preços nas diferentes regiões com o objetivo de facilitar a busca da melhor oferta de acordo com a residência ou trabalho do consumidor. A planilha completa com os estabelecimentos e respectivos preços está disponível no site do Procon.

Com o aumento na tributação do PIS e do Cofins sobre os combustíveis anunciado pelo Governo Federal, em vigor no dia 21 de julho, considerando-se ainda a cobrança do ICMS praticado por cada estado e a incidência da Cide, os preços dos combustíveis surpreenderam os consumidores.

Além disso, a nova política de revisão de preços do diesel e da gasolina pelo Governo Federal determina que ajustes passam a ser diários, acompanhando as oscilações periódicas das refinarias. O repasse do aumento ou redução ao consumidor depende de cada distribuidora e/ou posto de combustível.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.