Procon Goiás intensifica fiscalização em agências bancárias

Em ação nesta terça, fiscais flagraram cliente aguardando atendimento por 50 minutos

Ação de fiscalização de agências bancárias pelo Procon Goiás | Foto: Procon Goiás

Na manhã desta terça-feira, 27, fiscais do Procon Goiás realizaram fiscalização em quatro agências bancárias da capital. Três delas foram autuadas por descumprirem prazos de filas de espera, que de acordo com a Lei Municipal 7.867 prevê o máximo de 20 minutos em dias normais e 30 em véspera ou dia após feriados. Um cliente chegou a aguardar 50 minutos por atendimento, conforme comprovado na senha impressa.

De acordo com a lei, na primeira ocorrência se aplica uma advertência. Quando há reincidência, há multa no valor de R$20 mil, que salta para R$40 mil conforme o caso se repete. Segundo informa o Procon Goiás, clientes podem pedir para que o caixa anote o horário de atendimento para que depois seja comparado ao da senha. Caso haja necessidade de registro de reclamação, a senha e a anotação servirão como prova.

O órgão pretende intensificar durante a semana as ações nos bancos, uma vez que agências da Caixa Econômica Federal têm maior procura por causa do pagamento de auxílio emergencial. As agências devem, ainda, evitar formações de longas filas de espera, que ocorrem antes mesmo do cliente pegar a senha. Caso ocorra, agências poderão ser autuadas por má-prestação de serviço.

Também devem ser respeitados o atendimento preferencial a idosos, grávidas, portadores de necessidades especiais e outros. Também fica vetado aos servidores se negarem a prestar atendimento, orientando o cliente a realizarem os serviços por aplicativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.