Procon diz que redução no tempo de atendimento é consequência da reforma administrativa

Governo diz que alteração foi para garantir equidade junto a outros profissionais que não recebiam gratificação

Fachada Procon Goiás | Foto: Divulgação

Quem precisa recorrer aos serviços do Procon-Goiás passou a contar, nesta semana, com uma hora a menos de atendimento. Em nota o órgão atribuiu à redução do jornada à reforma administrativa aprovada na Assembleia Legislativa no inicio da semana. O atendimento que antes era das 8h às 18h passou a ser das 8h às 17h.

Cortes de gratificações contidos na proposta da reforma teriam motivado desligamentos de servidores do programa. O Governo diz que a medida foi para garantir a equidade junto a atendentes de outros órgãos que não contam com o benefício.

No texto que cita a reforma como principal fator, o Procon informa que “do total de 25 servidores efetivos que integravam o Programa Vapt Vupt da Unidade Sede Padrão Vapt Vupt do Procon-Goiás, 19 solicitaram desligamento do programa a partir do dia 22 deste mês”. O texto acrescenta ainda que por conta da redução de efetivo foi necessário alterar o horário de atendimento.

“O Procon-Goiás esclarece que está adotando medidas para agilizar o atendimento e reafirma o seu compromisso de promoção da defesa e reparação aos direitos dos consumidores goianos, sempre com responsabilidade, respeito e transparência, visando prestar um serviço de excelência ao consumidor-cidadão”, diz o órgão em nota.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.