Procon apreende carne vencida em bares e restaurantes do Marista e Jardim Goiás

Em operação na última quinta-feira, fiscais do órgão autuaram casas por descumprimento da legislação vigente

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante operação na noite da última quinta-feira (2/7), o Procon Goiânia apreendeu cerca de 40 quilos de produtos com a data de validade expirada em bares e restaurantes dos setores Marista e Jardim Goiás.

Além disso, o órgão também registrou diversas outras práticas ilegais nos estabelecimentos, como a cobrança de consumação mínima, a falta de informação do valor do ingresso na entrada do estabelecimento e a comercialização de cigarros fora do preço de tabela.

De acordo com o superintendente do Procon Goiânia, Rodrigo Melo, a fiscalização ocorre de forma contínua, e muitos estabelecimentos estão se adequando ao que é proposto pelo Código de Defesa do Consumidor. “Em um restaurante que é referência em nossa capital, foram cerca de 10 quilos de alimentos perecíveis com prazo de validade vencido já algum tempo”, contou.

As casas autuadas terão dez dias para apresentar defesa junto ao órgão. Após esse prazo, caso não o façam ou não se justifiquem de maneira satisfatória, os pontos comerciais podem ser multados em até R$ 6 milhões.

*Com informações do Procon Goiânia

Deixe um comentário