Primeira pessoa vacinada em Goiás é uma idosa de 73 anos

A escolhida para receber a vacina, dona Maria da Conceição tem seis filhos, já foi doméstica e gari

A dona Maria da Conceição foi a primeira vacinada em Goiás | Foto: Divulgação

A tão aguardada vacinação contra o novo coronavírus em Goiás começou em Anápolis, município situado a 45 quilômetros de Goiânia e que recebeu o grupo de brasileiros resgatados da China, no início da pandemia no ano passado. Foi na tarde desta segunda-feira, 18, que a dona Maria Conceição da Silva de 73 anos, cega de um olho hipertensa e que mora no Abrigo dos Velhos Professor Nicéphoro Pereira da Silva, recebeu a primeira dose da Coronavac em solo goiano.

O governador Ronaldo Caiado, que é médico, foi quem administrou a dose na idosa. O secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino e prefeito de Anápolis, Roberto Naves estavam presentes neste momento tão importante para a manutenção da vida humana, no País assolado pela pandemia da Covid-19.

Todos os 80 idosos moradores do abrigo serão vacinados ainda nesta segunda-feira.

O governador Ronaldo Caiado enfatizou que hoje foi um dia histórico e de muita esperança. “Agora, estamos chegando no melhor momento, que é a chegada da vacina no Estado de Goiás”, disse.

O chefe do executivo goiano argumentou que a cidade e Anápolis abriu os braços para poder acolher os brasileiros vindos de Wuhan, na China. E que coube a ele, como governador, retribuir o gesto. “Fazendo com que a primeira dose fosse aplicada aqui na cidade de Anápolis, sabendo que todas as regionais já estão recebendo as vacinas de forma igualitária, além de todos os equipamentos necessários”.

Caiado explicou que  ao chegar ao entorno de 1,8 milhão doses administradas no Estado de Goiás, já será possível alcançar um volume significativo para se ter uma imunização de rebanho. “Se chegarmos nesse número em 2021, estaremos fazendo nossa tarefa de casa e chegando aonde desejamos”, completou.

Simbolismo

Segundo o secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, trazer simbolicamente a primeira vacina para Anápolis foi um gesto de gratidão com a cidade por receber os repatriados de Wuhan. Da mesma forma, os grupos escolhidos para a primeira etapa da vacinação, são pessoas idosas que moram em abrigos, pessoas deficientes que moram em abrigos, indígenas aldeadas e profissionais de saúde da linha de frente. Dentro desse grupo, foi escolhido pela gestão de Anápolis uma pessoa idosa, moradora em um abrigo de uma instituição de longa permanência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.