PRF prende, em Catalão, engenheiro eletricista que dirigia veículo roubado no Rio de Janeiro

Durante abordagem, foram diagnosticados sinais de adulteração na identificação do veículo. PRF conseguiu contato com a proprietária que afirmou ter sido furtada em 2018

Veículo abordado por policiais foi furtado em Niterói no ano passado / Foto: Divulgação

Durante um procedimento de rotina feito pela Polícia Rodoviária Federal de Catalão, na última terça-feira, 19, os agentes abordaram uma Mitsubishi L200 com placa de Minas Gerais (MG) que trafegava pela BR-050. Um engenheiro eletricista, de 39 anos, conduzia o veículo que tinha alguns dos sinais de identificação adulterados.

Apesar da placa e chassis serem condizentes com o documento apresentado pelo engenheiro, a PRF conseguiu contato com a proprietária do veículo que afirmou ter sido furtada na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro (RJ). Segundo ela, o furto ocorreu no ano de 2018 e o valor da caminhonete já teria sido ressarcido pelo seguro.

Após diagnosticarem a origem do veículo, o engenheiro foi conduzido para a Polícia Civil e responderá pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, previsto no art. 311 do Código Penal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.