PRF e Semad apreendem armas de fogo e material de pesca predatória durante fiscalização no Vale do Araguaia

Ao todo, foram apreendidas 27 armas de fogo, 116 munições e 20 tarrafas, entre outros apetrechos irregulares. Ação faz parte da fiscalização contra pesca no Araguaia, determinada pelo Governo de Goiás, no período entre 1º e 5 de abril

Foto: Reprodução

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad), em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu 27 armas de fogo, 116 munições e 20 tarrafas entre outros apetrechos irregulares durante ação integrada realizada com o objetivo de evitar crimes ambientais e fiscalizar a proibição das atividades pesqueiras na região do Vale do Araguaia.

Fiscais da Semad acompanhados por equipes da PRF fiscalizaram veículos que trafegavam nas rodovias BR-080 e BR-010, que dão acesso a municípios que margeiam o Araguaia e seus afluentes. As equipes de fiscalização também utilizaram de barcos e passaram por acampamentos e ranchos montados às margens dos rios. Em um deles, três homens foram flagrados com armas, munições, 16 tarrafas, redes e outros equipamentos de pesca.

Um homem de 28 anos assumiu a propriedade das armas e foi preso por posse ilegal. O trio ainda foi flagrado descartando um filhote de peixe da espécie Pirara, pescado fora das medidas obrigatórias, do qual foram retirados os esporões e deixado em uma armadilha no rio.

Em outro local, os agentes apreenderam mais quatro espingardas, várias munições e outros itens de pesca. A polícia suspeita que o armamento seria utilizado para caça ilegal de animais silvestres.

Chamou a atenção das equipes de fiscalização a vasta quantidade de redes, tarrafas, molinetes e outros itens de pesca encontrados, mesmo com a proibição de atividades de pescaria, campeonatos de pesca esportiva, entre outras atividades, no período de 1º a 5 de abril.

Ao todo, foram apreendidos pelas equipes 27 armas de fogo; 116 munições; duas armadilhas fotográficas; uma motosserra; um arbalete; 20 tarrafas e 15 redes de pesca. Realizados, ainda, 15 autos de infração e 15 termos de apreensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.