PRF apreende duas toneladas de queijo estragado que seriam vendidos em Anápolis

Produto foi comprado do Pará e seria distribuído para bares, restaurantes e supermercados da cidade goiana

Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde desta sexta-feira (8/12) na BR-153, em Uruaçu, cerca de duas toneladas de queijo estragado. O laticínio foi comprado em cidades do interior do Estado do Pará e deveria ser distribuído para bares, restaurantes e supermercados em Anápolis.

A carga foi encontrada em um caminhão baú que estava retido na unidade operacional da PRF local. Algumas horas antes, o motorista do veículo foi preso por portar ilegalmente uma arma de fogo, dezenas de munições e duas cartelas de rebites.

A carga foi encontrada escondida debaixo de engradados de caixas de verduras com peças de queijo espalhadas no assoalho do caminhão. Por ser transportado em condições inadequadas de temperatura, pelo estado de decomposição e mau cheiro do produto, a Vigilância Sanitária foi acionada e tornou o produto impróprio para o consumo humano.

O motorista foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil Local

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.