Prestes a reencontrar Alemanha, torcida brasileira mostra que ainda não superou o 7 a 1

Futebol masculino do Brasil disputa o ouro com a seleção alemã, mas torcedores só não esquecem do fantasma do 7 a 1

Desde o fatídico 7 a 1 contra a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, os brasileiros sofrem com a lembrança daquele que foi um dos, senão o maior, vexame do futebol mundial dos últimos tempos.

Neste sábado, a seleção brasileira de futebol masculino tem a chance de vingar a goleada ao enfrentar a Alemanha na disputa pelo ouro olímpico na Rio 2016. Além da medalha em disputa, título inédito para o futebol brasileiro, a seleção chega ao Maracanã com o peso da goleada que a tirou da final da Copa de 2014 e que ainda dói na memória e no coração de muitos torcedores brasileiros.

Se vencer, o Brasil consegue melhorar o posicionamento no quadro de medalhas e cair de novo nas graças do torcedor, deixando de vez a má fase que acompanha o time desde a derrota na Copa do Mundo no Brasil. Se perder, pode afundar de vez no conceito dos fãs de futebol e ver a Alemanha vencer mais uma vez um torneio internacional em nossa casa.

Entre pessimistas e otimistas, os torcedores brasileiros dividem opiniões e, apesar de demonstrarem o apoio incondicional, é impossível esconder a pontinha de medo que dá em todo brasileiro quando escuta a frase: “GOL DA ALEMANHA”.

Veja as melhores reações dos internautas quanto à expectativa para a grande partida:

 

 
FICHA TÉCNICA

BRASIL x ALEMANHA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de agosto de 2016 (sábado)
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)
Auxiliares: Reza Sokhandan e Mohammadreza Mansouri (Irã)

BRASIL: Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace e Renato Augusto; Gabriel, Neymar e Gabriel Jesus; Luan. Treinador: Rogério Micale

ALEMANHA: Timo Horn; Lukas Klostermann, Matthias Ginter, Niklas Süle e Jeremy Toljan; Sven Bender; Julian Brandt, Lars Bender, Max Meyer e Serge Gnabry; Davie Selke. Treinador: Horst Hrubesch.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.