Prestação de contas de Iris à Câmara é marcada por “clima leve”

Sintonia extremamente favorável ao gestor, que planeja investir cerca de R$ 1,4 bilhão até o fim de 2020, deu o tom ao evento na Casa Legislativa de Goiânia 

Foto: Lívia Barbosa | Jornal Opção

A visita do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), à Câmara na manhã desta segunda-feira, 30, foi marcada por um clima ameno. Em seu pronunciamento, Iris ressaltou que a Casa tem sido uma grande parceira no projeto de recuperação da Prefeitura de Goiânia. “Assumimos em um cenário em que alguns bairros estavam sem limpeza urbana há dois meses”, exemplificou o prefeito. Ele afirmou ainda que contou com a compreensão dos vereadores e que entende algumas manifestações mais incisivas por parte de alguns parlamentares, “isso é totalmente natural”.

A visita do prefeito marca o início de uma fase extremamente favorável ao gestor, que planeja investir cerca de R$ 1,4 bilhão até o fim de 2020. Apesar disso, algumas ponderações foram feitas, principalmente em relação à saúde no município. O chefe do Executivo rebateu as críticas e disse que o município terá uma saúde de excelência “em alguns meses”. Uma das apostas da atual gestão é a inauguração da Maternidade Oeste, prevista para ser entregue no aniversário de Goiânia, com investimento total de R$ 49 milhões.

O presidente da Comissão Mista, vereador Lucas Kitão (PSL) questionou Iris sobre a decisão de iniciar várias obras com outras em andamento, a exemplo do Ciams Jardim América e escolas municipais. “Acho que as obras lançadas recentemente são muito importantes, não somos contra de forma algumas, mas não seria melhor terminar o que já foi iniciado?”, indagou Lucas. “Cuidar dos carros [mobilidade] é uma inovação necessária para todas as metrópoles, mas cuidar das pessoas diferencia um grande gestor”, completou o vereador.

Kitão e a Dra. Cristina (PSDB) frisaram a necessidade de a gestão focar nas pessoas e pediram a reestruturação do atendimento de saúde, em especial da pediatria no município. “Lembre-se das pessoas, prefeito, e trate a saúde como prioridade”, pediu Lucas. Já a Dra. Cristina apontou que a saúde na capital vem sendo desmontada nos últimos anos. “Se voltasse a ser como na gestão passada, metades dos problemas já estariam resolvidos”, defendeu a parlamentar.

Ao responder o questionamento dos vereadores, o prefeito falou que as soluções para a saúde não são rápidas e simples. “Estamos corrigindo as falhas, mas não é fácil”, disse Iris ao fazer uma comparação com a gestão estadual que, segundo Iris, também tem tido dificuldade em corrigir os erros da gestão passada. Para o prefeito, ações erradas na esfera estadual fizeram com que a saúde municipal ficasse sobrecarregada. “mas anote aí, não vai demorar muito para sermos referência nacional em saúde”, concluiu o prefeito.

Ao final da prestação de contas à Casa, Iris celebrou o bom momento vivido pela prefeitura e agradeceu aos vereadores pelos elogios recebidos. Um dos parlamentares presentes no evento comentou que o tom do encontro foi de “rasgação de seda”. Já o prefeito avaliou que, “os vereadores sentem que a população de Goiânia está satisfeita com o trabalho que nós realizamos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.