Preso morre espancado dentro de cela, em Goianápolis

Vítima de 37 anos cumpria pena por maus tratos a animais

Um detento da Unidade Prisional de Goianápolis morreu na manhã desta sexta-feira, 22, após ser espancado dentro de umas celas da unidade. Reginaldo Pereira da Silva, de 37 anos, estava preso acusado de maus tratos a animais e foi encontrado caído no chão por agentes prisionais. Durante a manhã, companheiros de cela acionaram os agentes para informar que havia um preso passando mal. Reginaldo sofreu várias lesões na face e no corpo, além de uma fratura de punho. O homem chegou a ser encaminhado ao Hospital Municipal de Goianápolis, mas os médicos constataram que ele já estava morto.

Em nota, a 1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária informou que foram tomadas as devidas providências em relação à morte do homem. A diretoria garantiu que foram realizados os primeiros atendimentos médicos, de imediato, antes de encaminhar a vítima para a unidade que atestou o óbito. “Mediante o fato, foram realizadas as devidas comunicações às autoridades policiais, além da abertura de procedimentos administrativos internos, informou a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária.
Comunicação Setorial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.