“Atualmente, acredito no projeto político do governador Marconi Perillo, que é inovador, moderno e dinâmico”, garante a jovem Denise Castro em vídeo

*Atualizada às 15h55

A teoria do peemedebista Frederico Jayme de que metade do PMDB goiano está na verdade com o candidato à reeleição Marconi Perillo (PSDB) nestas eleições parece fazer cada vez mais sentido. Outro nome do partido resolveu creditar apoio à candidatura do tucano. Desta vez, trata-se da ex-presidente do PMDB Jovem de Goiânia, Denise Castro, que chegou a concorrer à Assembleia Legislativa nas eleições deste ano pela coligação Amor Por Goiás.

A jovem gravou um vídeo com pouco menos de 20 segundos em que garante apoio a Marconi. “Atualmente, acredito no projeto político do governador Marconi Perillo, que é inovador, moderno, dinâmico, tem um diálogo com a juventude, busca a juventude para participar da campanha e por esse motivo hoje estou aqui com ele”, defende a ex-candidata na gravação.

Nas redes sociais, no entanto, Denise Castro ainda não sinaliza o apoio anunciado. Pelo contrário, em uma das publicações, a jovem aparece ao lado do governadoriável Iris Rezende em demonstração de apoio ao peemedebista, a quem chama de “próximo governador”. A reportagem tentou contato com a ex-presidente do PMDB Jovem mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

[Atualização]: O vereador Mizair Lemes Jr. (PMDB) entrou em contato com o Jornal Opção Online para explicar que, ao contrário do que dizia a nota anteriormente, Denise Castro não é presidente do partido desde que se lançou como candidata. Segundo o vereador, Denise provocou diversas brigas por motivos pessoais dentro do partido e a própria Juventude não se sentia mais liderada por ela.

Desde que a ex-candidata saiu do posto, Rondinelly Hélio atua como presidente do grupo. “Ela não tem legitimidade para falar em nome da Juventude do PMDB”, diz Mizair.

PMDB dividido 

Desde que resolveu oficializar sua candidatura ao Palácio das Esmeraldas, Iris Rezende acabou por escancarar a divisão interna dentro do PMDB entre seus apoiadores e aqueles que pregam pela oxigenação do partido por meio da aparição de novas lideranças. Tido como “líder” deste último grupo, o empresário Júnior Friboi, que chegou a se colocar como pré-candidato ao governo de Goiás pela legenda, divulgou recentemente uma carta em que sinaliza apoio a Marconi, assim como seus aliados já o tinham feito desde o início da campanha eleitoral de 2014.