Presidente da sigla apresenta as qualidades do chefe do Executivo que o qualifica para mais 4 anos à frente da gestão

Legenda que está na base de sustentação do governo Ronaldo Caiado (União Brasil) desde o início da gestão, o PRTB não pretende mudar os ares durante as eleições e os próximos quatro anos. Ao Jornal Opção, o presidente da sigla e ex-presidente da Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego), Denes Pereira, bate o martelo com relação ao apoio.

“A direita racional está com o Caiado. Não podemos negar que o Estado está melhor na questão fiscal. Ele resolveu essa crise. Ele conseguiu equilibrar as contas. O governador enfrentou a pandemia, como poucos fizeram. Goiás é referência em Educação, Segurança Pública e Saúde. Ele referência nas três áreas. Além disso, realizou um trabalho de Assistência Social positivo. Ajudou os comerciantes a todo momento. Ronaldo deu um show em todas as áreas. O governo nunca deixou os goianos desamparados. Caiado tem coragem de tomar decisão”.

Denes sustenta que o governador conduziu bem a crise na pandemia mesmo em meio ao agravamento fiscal que o Estado enfrentava. “Enfrentamos dois anos de pandemia e mesmo assim Goiás é referência em várias áreas de investimentos. Sem sombra de dúvidas, o PRTB está decidido que vai caminhar com o governador Ronaldo Caiado nos próximos quatro anos”.

Denes relembra a história do governador Caiado para balizar a pré-candidatura. “Quando viemos apoiar o então senador e pré-candidato a governador na época Ronaldo Caiado é porque acreditaria que ele faria um governo como ele está fazendo: austero, mostrando muita honestidade, que ele recebeu quebrado e resolveu a crise fiscal, enfrentou a pandemia e está fazendo investimento que tem sido exemplo do Brasil todo”, pontua o presidente ao Opção.

Além do PRTB, o governador conta com mais 12 partidos para o projeto de reeleição. O fato é que Ronaldo Caiado conquistou o apoio de legendas sólidas, com estrutura e líderes respeitados. Já a oposição perdeu tais forças. Aqui e ali, alguns membros da aliança poderão eventualmente trocar de lado. Mas, possivelmente, sem condições de configurar perdas substanciais. O presidente Denes Pereira resume a razão do apoio à reeleição do governador Ronaldo Caiado: “Goiás está bem administrado e conduzido por um político honesto”.

Com a definição das candidaturas a governador (Ronaldo Caiado) e vice-governador (Daniel Vilela), a base aliada governista tem prazo até as convenções partidárias (20 de julho a 5 de agosto) para escolher o nome que irá concorrer ao Senado Federal.