Presidente do Pros diz que sigla não aceita mandatários de outros partidos

Yuri Tejota, responsável pela legenda em Goiás, diz que chapa de candidatos a deputados estaduais será formada por quadros próprios

O presidente do Pros em Goiás, Yuri Tejota, afirma que não está convidando nenhum deputado estadual com mandato para compor os quadros do partido na chapa de candidatos da eleição de outubro.

Segundo ele, a sigla planeja formar a chapa dos postulantes à Assembleia Legislativa de Goiás com nomes do próprio PROS. “O nosso objetivo é fazer uma chapa para que os candidatos tenha a mesma chance de concorrência, uma chapa competitiva e atraente para aqueles que querem postular o cargo sem cair no chamado ‘globo da morte'”, afirmou.

Desta forma, Tejota avalia que o partido sai fortalecido no cenário político goiano. “Queremos uma chapa pura, para fortalecer nosso partido e nossos próprios correligionários, por isso tomamos essa decisão”, arrematou.

O deputado estadual Lincoln Tejota, que assumirá o Pros em abril, reafirma o posicionamento: “Queremos crescer com quadros próprios, com pessoas que tenha vínculo com o partido. É natural que essa discussão esteja aquecida neste momento, porque os deputados querem se reeleger, mas o Pros não quer ser usado como trampolim. Queremos formar quadros próprios, com pessoas que tenham identificação com o partido e que estão trabalhando para o partido crescer”, completou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.