Presidente do DEM diz que Bolsonaro “ganhou inimigo” após nomear João Roma para ministério

Neto chegou a pedir tanto ao Planalto, quanto ao parlamentar, que não assumisse a pasta. Depois da tentativa fracassada, ACM se frustrou e agora parece compor o time de oposição à Bolsonaro

Jair Bolsonaro e ACM Neto | Foto: Reprodução

O presidente do DEM, ACM Neto (BA) declarou que o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) “ganhou um inimigo” após a nomeação do deputado João Roma (Republicanos-BA) para o cargo de ministro da Cidadania. Conforme divulgado pela coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo, o presidente teria prometido, ainda, trabalhar para levar a maioria do partido à oposição do governo.

A decisão de Bolsonaro desagradou profundamente o ex-prefeito de Salvador que chegou a declarar em entrevistas que o melhor caminho a ser tomado seria o de se manter distante do governo federal. Acontece que Neto queria evitar ser atrelado ao governo — haja vista que o indicado é seu amigo e afilhado político —, mas agora promete não poupar críticas à gestão Bolsonaro.

Neto chegou a pedir, segundo a coluna, tanto ao Planalto, quanto ao parlamentar, que não assumisse a pasta. Depois da tentativa fracassada, ACM se frustrou e agora parece compor o time de oposição à Bolsonaro.

O jornal paulista lembrou também que o pano de fundo dessa história tem origem na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados. O deputado e ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) criticou o ex-prefeito que deixou de apoiar seu candidato, Baleia Rossi (MDB-SP), para apoiar o indicado de Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL). Pela “traição”, Maia já prometeu que irá mudar de partido.

Logo depois da nomeação de Roma, Maia usou as redes sociais onde disparou contra Neto. As postagens deram a entender que o dirigente do DEM teria indicado Roma ao cargo e, consequentemente, estreitado ainda mais os laços do partido com o governo Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.