Presidente dá “OK” para estudo de privatização dos Correios

Como justificativa, Bolsonaro diz que é preciso rememorar que “a empresa foi o início do foco de corrupção com o mensalão, deflagrando o governo mais corrupto da história”

Foto: Reprodução

Em cumprimento de mais uma promessa de campanha, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, por meio das redes sociais, que o governo deu “OK” para o início do estudo de privatização dos Correios.

Em justificativa, Bolsonaro escreveu que é preciso rememorar para a população o seu fundo de pensão. “A empresa foi o início do foco de corrupção com o mensalão, deflagrando o governo mais corrupto da história”.

A menção do chefe do Executivo diz respeito ao escândalo de corrupção desbancado nos correios no ano de 2005. À época, um vídeo revelou a negociação de propina entre um funcionário dos Correios com supostos empresários. O esquema, segundo o funcionário, seria gerido por Roberto Jefferson, então presidente do PTB.

Mais tarde, uma CPI foi instalada no Congresso e Roberto Jefferson revelou que parlamentares ligados ao governo Lula — atualmente preso pela Operação Lava-Jato —  recebiam o que ficou popularmente conhecido como “mensalão” e deu origem a um dos maiores escândalos de corrupção da política brasileira.

Relembre o caso por meio deste breve resumo publicado pela revista Veja em 2013:

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adilio Faustini

Vai ser um erro histórico a privatização dos Correios.Antes a modinha era seguir o berrante da Estatização, agora a modinha é seguir o berrante da Privatização .O Brasil não vive sob a égide da boa Gestão, Vive na égide de interesses.