Presidente da Fieg defende que segmento deve trabalhar a fim de vencer crise nacional

Em evento de posse da nova diretoria, Pedro Alves garantiu que como líder da federação, irá lutar para que o País supere problemas financeiros

Presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira, em discurso no Teatro Sesi / Foto: Siga Marconi

Presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira, em discurso no Teatro Sesi / Foto: Siga Marconi

Reeleito em outubro do ano passado ao cargo de presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves de Oliveira juntamente com os vices-presidentes, secretários, diretores e conselheiros tomaram posse dos cargos na noite da última segunda-feira (2/3), em solenidade no Teatro Sesi.

Em coletiva, Pedro destacou diversas medidas a serem tomadas este ano no setor industrial, além dos desafios vislumbrados. De acordo com o presidente, como liderança de um segmento organizado, irá trabalhar a fim de superar as adversidades econômicas percebidas a nível nacional. “O Brasil não merece isso que está passando. E não adianta ficar lamentando –temos que fazer a nossa parte”, declarou.

O governador Marconi Perillo, durante discurso, falou sobre a confiança que deposita em Pedro Alves, falando sobre as dificuldades e mudanças do Estado. “Goiás vai se transformando cada vez mais em um Estado moderno, competitivo e próspero.”

Conforme o presidente, um dos focos é trabalhar nas regiões menos desenvolvidas do Estado. A intenção é levar mais indústrias para os locais, a fim de desenvolvê-los. E para isso, Pedro Alves comenta que deve criar mais benefícios para as indústrias que se propõe a irem para essas regiões — e, conforme o presidente, as oportunidades de empregos, entre outros pontos positivos, virão com a medida.

Pensando na próxima gestão, Pedro Alves comentou também que lutar por melhoria na infra-estrutura do Estado será uma ação recorrente da nova gestão. O presidente citou a ferrovia Norte-Sul, o aeroporto de cargas de Anápolis, além da ampliação de rodovias em Goiás.

Estavam presentes no evento os prefeitos de Senador Canedo, Misael Oliveira (PDT), Anápolis, João Gomes (PT), e Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB); os deputados federais Alexandre Baldy (PSDB) e Daniel Vilela (PMDB); os deputados estaduais Helio de Sousa (DEM) e José Nelto (PMDB); o ex-prefeito Vanderlan Cardoso, entre outras autoridades.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.