Presidente da Comurg exonera 146 servidores

Edilberto Dias acatou recomendação do promotor Fernando Krebs, que apontou irregularidade na contratação de comissionados

O presidente da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), Edilberto de Castro Dias, determinou a exoneração de 146 servidores do órgão. Recém-contratados, eles foram dispensados depois que o promotor de Justiça Fernando Krebs expediu uma recomendação para que ele o fizesse.

Krebs lembrou que os comissionados só podem ser contratados para cargos de direção, chefia e assessoramento, que são considerados de confiança. A classificação está na Constituição Federal.

Ofício encaminhado por Edilberto ao promotor informava que todos os funcionários não concursados são contratados de acordo com a lei e que os que não cumpriam a norma, no caso, os lotados no Parque Mutirama e no Zoológico, seriam exonerados. (Com informações do Ministério Público de Goiás).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.