Presidente da CDTC quer compromisso por melhorias no transporte antes de reajuste

Gustavo Mendanha propõe assinatura de TAC com empresas junto ao Ministério Público. Discussão do aumento da tarifa fica para quinta-feira (18/9)

Presidente da CDTC pode votar favorável ao aumento, caso empresas assinem TAC por melhorias no transporte | Foto: Reprodução / Facebook

O presidente da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos (CDTC), prefeito de Aparecida de Goiânia Gustava Mendanha (PMDB) disse na manhã desta segunda-feira (15/5) que pode ser favorável ao reajuste da tarifa de ônibus na região metropolitana de Goiânia, caso as empresas concordem em assinar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) junto ao Ministério Público (MP-GO) por melhorias no transporte coletivo.

Segundo Mendanha, será enviado ainda nesta segunda um ofício ao Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (SET) e, se as empresas concordarem em firmar acordo, ele será favorável ao reajuste.

“Da forma como é o transporte hoje, eu sou contra o aumento da tarifa. Colocamos uma série de pontos que consideramos essenciais, medidas de curto, médio e longo prazo, para que o usuário tenha melhorias efetivas e a assinatura do TAC seria um instrumento mais sólido que garantiria a realização dessas mudanças”, explicou ele, elencando aspectos como aumento da frota, principalmente horário de pico, limpeza, segurança, monitoramento da frota e climatização dos ônibus.

O prefeito de Aparecida espera que as empresas se posicionem em relação à proposta até a próxima quinta-feira (18/5), quando acontece a reunião CDTC para discutir o aumento no preço da passagem. Os membros da comissão se reunirão no auditório do Fórum de Aparecida de Goiânia, às 9 horas da manhã.

A possível assinatura do TAC, porém, não é garantia de que haverá o aumento, uma vez que a questão é definida pelo voto dos integrantes da câmara deliberativa. O presidente vota apenas em caso de empate.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.