Presidente da Câmara de Caldas Novas diz que assumirá prefeitura assim que for notificado

Tribunal Regional Eleitoral manteve nesta semana cassação do prefeito Evandro Magal, condenado por abuso de poder durante a eleição de 2016

Marinho Câmara (SD), presidente da Câmara Municipal de Caldas Novas | Foto: Divulgação / Facebook

O presidente da Câmara Municipal de Caldas Novas, vereador Marinho Câmara, disse ao Jornal Opção nesta quarta-feira (20/12) que está pronto para assumir a prefeitura, após decisão do Tribunal Regional Eleitoral em Goiás (TRE-GO) manter a cassação do prefeito Evandro Magal, condenado por abuso de poder durante a eleição de 2016.

O parlamentar informou à reportagem que aguarda apenas a notificação do tribunal regional para tomar posse, independente da data de publicação da decisão — que deve ocorrer apenas no início de 2018, na volta do recesso do Poder Judiciário, marcada para o dia 7 de janeiro.

“A cidade já está cansada desse vai e vem. Um dia tem prefeito outro não. Existe um mal estar e uma situação bastante desagradável”, pontuou.

Magal já havia sido afastado da prefeitura no último mês, quando a Corte do TRE confirmou a decisão de primeira instância que cassou os eleitos pela prática de abuso de poder de autoridade e abuso na utilização de meios de comunicação social durante a eleição de 2016.

Com o revés, Magal deve ser novamente afastado do cargo, pois a liminar que havia conseguido no Superior Tribunal Eleitoral (TSE) o mantinha como prefeito até o julgamento dos recursos apresentados ao TRE-GO.

“Da última vez, eu fui notificado em três dias e assumi. Pretendo agir da mesma forma. Pretendo assumir e iremos trabalhar para a cidade”, disse o presidente do Legislativo caldense.

Deixe um comentário