Tribunal Regional Eleitoral manteve nesta semana cassação do prefeito Evandro Magal, condenado por abuso de poder durante a eleição de 2016

Marinho Câmara (SD), presidente da Câmara Municipal de Caldas Novas | Foto: Divulgação / Facebook

O presidente da Câmara Municipal de Caldas Novas, vereador Marinho Câmara, disse ao Jornal Opção nesta quarta-feira (20/12) que está pronto para assumir a prefeitura, após decisão do Tribunal Regional Eleitoral em Goiás (TRE-GO) manter a cassação do prefeito Evandro Magal, condenado por abuso de poder durante a eleição de 2016.

O parlamentar informou à reportagem que aguarda apenas a notificação do tribunal regional para tomar posse, independente da data de publicação da decisão — que deve ocorrer apenas no início de 2018, na volta do recesso do Poder Judiciário, marcada para o dia 7 de janeiro.

[relacionadas artigos=”112996″]

“A cidade já está cansada desse vai e vem. Um dia tem prefeito outro não. Existe um mal estar e uma situação bastante desagradável”, pontuou.

Magal já havia sido afastado da prefeitura no último mês, quando a Corte do TRE confirmou a decisão de primeira instância que cassou os eleitos pela prática de abuso de poder de autoridade e abuso na utilização de meios de comunicação social durante a eleição de 2016.

Com o revés, Magal deve ser novamente afastado do cargo, pois a liminar que havia conseguido no Superior Tribunal Eleitoral (TSE) o mantinha como prefeito até o julgamento dos recursos apresentados ao TRE-GO.

“Da última vez, eu fui notificado em três dias e assumi. Pretendo agir da mesma forma. Pretendo assumir e iremos trabalhar para a cidade”, disse o presidente do Legislativo caldense.