Presidente da AMAB diz que Entorno não tem condições de enfrentar coronavírus sozinho

Durante reunião via internet com o governador Ronaldo Caiado, Candango e outros prefeitos de municípios do entorno pontuaram alguns pontos cruciais para o combate da doença na região

O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília (AMAB) e prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, demonstrou preocupação com a propagação do coronavírus (Covid-19) no Entorno. O gestor falou sobre o assunto durante videoconferência com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado e demais prefeitos da região.

A saúde foi um dos tópicos levantados pelo presidente. “Sugeri ao governador que fosse feito, a exemplo de São Paulo, onde hospitais estão sendo concluídos. E isso seria de grande utilidade para toda região, pois temos em Águas Lindas o Hospital Regional, Hugo 09, que está com a obra paralisada, porém com uma força-tarefa acredito que em 40 dias estaria pronto para atender a nossa população”.

Outra questão levantada pelo presidente da AMAB, é que diante do fechamento das agências bancárias no Distrito Federal, centenas de moradores estão indo ao Entorno para pagar suas contas. “Nós estamos fechando nossos comércios, porém os bancos ainda estão funcionando em algumas cidades, e com isso, muitos moradores do DF estão se aglomerando em filas, aumentando o risco de contaminação em nossas cidades”.

Também foi comentado a respeito do transporte público dos municípios.“Todos os prefeitos colocaram a mesma questão, onde é necessário que a ANTT regulamente o transporte nesta região, para que as empresas apenas transportem os passageiros sentados, evitando assim o tumulto nos veículos. Pedimos que o governador interceda por nós junto ao órgão”.

Para o presidente da AMAB, o momento requer responsabilidade ações com transparência. “A Região do Entorno não tem infraestrutura para enfrentar esta situação sozinha, e nós contamos com a sensibilidade do governador Caiado neste momento tão delicado para todos nós”, pontuou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.