Presidente da AGM Carlos Alberto fala em nome dos prefeitos que foram contemplados pelo programa Reforma Mais do Governo de Goiás

Em nova etapa do projeto, Estado faz repasse de R$ 8 milhões a prefeituras; 59 municípios goianos foram contemplados, cada um recebe R$ 150 mil para obras de infraestrutura em suas escolas públicas municipais

O presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM) e prefeito de Goianira, Carlos Alberto Oliveira, falou em nome dos prefeitos e prefeitas do Estado que foram contemplados pelo programa Reforma Mais+ do Governo de Goiás. Durante o evento de entrega de recursos, realizado nesta terça-feira, 17, na sede da Secretaria Estadual de Educação (Seduc),foi lembrado que, na primeira etapa, 93 municípios goianos foram atendidos. Agora, repasse foi para as escolas públicas municipais de 59 cidades goianas. Nesta fase, valor total dos repasses será de R$ 8,8 milhões.

Durante os agradecimentos, o representante da AGM, Carlos Alberto, informou que mais de 150 gestores foram contemplados por esta ação do Estado. “São mais de 150 municípios que foram contemplados com 150 mil reais para que sejam atendidas nossas demandas municipais”, disse. Desta forma, a intenção é que, com a cessão dos recursos, as prefeituras consigam atender às metas previstas no Plano Estadual de Educação. Atualmente, a previsão do Governo é beneficiar o maior número de municípios.  

Por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a primeira fase do projeto foi iniciada em dezembro de 2021. No programa, cada município recebe R$ 150 mil, que devem ser aplicados em reforma e/ou ampliação das escolas de ensino municipal. Os recursos do Projeto Reformar Mais+ são oriundos do Fundo Estadual de Educação Infantil (lei n° 19.895). Ao todo serão investidos R$ 22,7 milhões, dos quais, R$ 13,9 milhões já foram repassados a 93 municípios. 

Com isso, o projeto Reforma + faz parte dos programas de incentivo à educação. A ação tem como prioridade a destinação de recursos às prefeituras goianas para combater a evasão escolar e melhoria da infraestrutura das unidades municipais. Os recursos do projeto é carimbado e deve ser utilizado obrigatoriamente para a melhoria da infraestrutura das unidades escolares municipais. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.