Presa cuidadora de idosa que furtou joias avaliadas em R$ 110 mil

Mulher foi detida depois que as vítimas, uma idosa com Alzheimer e a filha dela, de 37 anos, entraram em contato com a polícia ao perceberam os sumiço das peças

A Polícia Militar do Estado de Goiás prendeu nesta quarta-feira, 16, uma cuidadora de idosos, de 31 anos, suspeita de furtar joias e semijoias de ouro, avaliadas em R$ 110 mil, de um apartamento no Jardim Goiás. Parte dos materiais foi localizado na bolsa da acusada e o restante, na casa dela. A mulher foi detida depois que as vítimas, uma idosa com Alzheimer e a filha dela, de 37 anos, entraram em contato com a polícia ao perceberam os sumiço das peças.

Segundo a corporação, a mulher, que não teve o nome revelado, trabalhava há 46 dias no apartamento onde prestava serviço como cuidadora. Durante abordagem, a suspeita alegou que havia praticado o crime em razão de ela e o filho, de 13 anos, terem sido ameaçados de morte por um agiota. Ela teria contraído dívida de R$ 20 mil. Ainda, durante o depoimento, a acusada indicou onde as joias teriam sido vendidas. De acordo com a polícia, a mercadoria havia sido comercializadas por R$ 6 mil em três lojas diferentes na região Central de Goiânia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.