Prefeitura vai convocar apenas 660 aprovados de concurso municipal da Educação

Antes de chamar os concursados, no entanto, Paço publicou chamamento de 1.375 temporários. Justificativa é burocracia de início de gestão

Em audiência pública na Câmara Municipal na última quinta-feira (2/3), a Prefeitura de Goiânia informou que vai chamar apenas 660 dos 4.725 aprovados em concurso da Educação de 2016. A convocação, no entanto, só sairá depois do chamamento de 1.375 servidores temporários, determinada pelo Paço Municipal na última sexta-feira (24/2).

A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Educação (SME), que afirmou que o processo já foi encaminhado da Secretaria de Finanças para a Procuradoria-Geral do Município. O edital será publicado após certificação da Controladoria-Geral do Município. De acordo com a superintendente da SME Maria Aparecida Barbosa, a intenção é chamar todos os concursados, mas a medida ainda não foi tomada porque início de gestão é uma “fase difícil” e “burocrática”.

Segundo a advogada Taís Morais, que representa 32 dos aprovados no concurso, serão chamados os primeiros 50 aprovados para assistente administrativo, os 150 para agente de apoio, os 400 para auxiliares e 70 para pedagogos. Já os professores de área, por exemplo, não serão convocados.

Ela informou ainda que a Secretaria Municipal de Administração garantiu que irá criar um cronograma de convocação, mas que ainda não definiu quais serão os prazos. Para a advogada, os temporários podem ser chamados para suprir a demanda da Educação Municipal, mas apenas durante o período necessário para a posse dos efetivos.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

laura cunha alves

Gostaria de saber onde a advogada Taís Morais atende .