Prefeitura realiza simulação de interdição na Marginal Botafogo neste sábado

Ação visa mapear o que pode ocorrer caso a via seja alagada e traçar estratégias para a atuação em caso de uma situação de emergência

Foto: Reprodução

O coordenador da Defesa Civil de Goiânia, Francisco Vieira, falou sobre a ação que será realizada neste sábado, 9, na Marginal Botafogo, em Goiânia. Segundo ele, a iniciativa é preventiva e visa evitar transtornos como os ocorridos no ano passado, quando a Marginal apresentou problemas e passou por obras de recuperação. “É uma medida preventiva de segurança”, observa. O bloqueio será iniciado às 10h nos sentidos Sul-Norte e Norte-Sul, em 7 pontos de acesso com vários órgãos envolvidos.

Quando for realizado o bloqueio nos pontos de acesso, apenas os veículos que já tiverem na via prosseguirão pela Marginal, quando os carros passarem aí sim haverá o bloqueio total, por cinco minutos, para avaliação dos impactos das obras realizadas no ano passado, e também para avaliar os impactos no bloqueio no trânsito da região. “Esse trabalho é importante para evitar morte no trânsito. Até porque está se iniciando o período chuvoso e pode vir um temporal acima do normal e alagar esse espaço”, detalha Francisco Vieira.

Francisco Vieira| Foto: Felipe Cardoso /Jornal Opção

Caso isso aconteça, a simulação já terá mapeado qual será a dinâmica do trânsito para desenvolver estratégias de como tirar esses veículos presos no alagamento assim como formas de desviar o trânsito minimizando transtornos à população. “Se vier uma chuva de 88mm há o risco de alagamento apesar do bom trabalho de recuperação realizado em 2018”, esclarece o coordenador da Defesa Civil.

Goiás

Segundo o Major Rafael Gomes, chefe do Departamento de Minimização de Ameaças e Riscos da Defesa Civil do Estado de Goiás, existe 400 áreas de risco catalogadas em todo o estado de Goiás. “A maior parte delas está em Goiânia, principalmente na região próxima ao Setor Novo Mundo, Setor Gentil Meireles e outros sujeitos a alagamentos e soterramentos”, afirma.

Ele ressaltou que a iniciativa em Goiânia está antecipando um possível problema e busca preservar vidas por meio da prevenção. “Em nível estadual, existe uma série de medidas que a gente toma todos os anos para preservar vidas neste período chuvoso”. Segundo o Major, a simulação permite o aperfeiçoamento do atendimento em uma situação real.

A simulação deste sábado conta com ação de agentes da Defesa Civil Estadual e Metropolitana, Guarda Civil Metropolitana, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e SMT. Ao todo 38 agentes estarão envolvidos na ação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.