Prefeitura promove audiência para debater regulamentação de bicicletas e ciclomotores

Empresas poderão operar no período experimental de 90 dias na capital

Com objetivo de regulamentar o uso de bicicletas e ciclovias na capital, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), promoveu, nesta quinta-feira, 4, audiência pública para discutir sobre o tema. A sessão foi realizada virtualmente, e contou com a participação de representantes do Instituto Federal de Goiás (IFG), Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação de Goiânia (Seplanh), CMTC, cicloativistas e Mova-se Fórum de Mobilidade. 

Durante a audiência pública, o superintendente de transportes da SMM, Marcos Villas Boas, explicou aos representantes que, embora as empresas tenham liberdade de mercado, é necessário a regulamentação dos equipamentos e também  das ciclovias. “O propósito do encontro foi abrir à sociedade essa discussão sobre serviços compartilhados que são oferecidos pelo mercado como; bicicletas, patinetes e similares. É necessário ter uma regulamentação para proteger tanto o usuário como o cidadão, já que circulam nas calçadas, ciclovias e convivem com o trânsito”, afirmou. 

Marcos destacou ainda que as empresas terão um período experimental de 90 dias dentro de uma regulamentação feita pela Prefeitura de Goiânia em que o uso do espaço público está condicionado a um credenciamento, apresentação de projeto e uma gestão do acesso igualitário, isonômico dessas empresas a esses espaços públicos que será coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) e a regulamentação ficará a cargo da Mobilidade (SMM)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.