“Prefeitura não se interessa por atendimento de qualidade”, critica Cremego

Aldair Novato diz que gestão da secretária de Saúde na Maternidade Dona Íris “deixa a desejar” e lamentou que assistência completa da unidade esteja sendo prejudicado

Em entrevista ao Jornal Opção, o vice-presidente do Conselho Regional de Medicina (Cremego), Aldair Novato, criticou o tratamento dado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ao Hospital e Maternidade Dona Íris. Para ele, a Prefeitura de Goiânia vem provando que um modelo de assistência completa à saúde, com atendimento de qualidade para a população, não interessa à gestão.

“O Conselho enxerga a Dona Íris como uma referência, a população estava satisfeita, era uma unidade formadora de recursos humanos e agora, de repente, essa nova administração, anuncia que vai reduzir o atendimento, que o modelo de assistência não interessa à prefeitura”, pontuou ele. “Quando a população é bem atendida, não interessa. Aquele é o modelo assistencial humano.”

Aldair também comentou a alegação da prefeitura de que o corpo de médicos da unidade estava além do necessário, informada ao jornal pelo diretor Fundação de Apoio ao Hospital das Clínicas (Fundahc), José Antônio de Morais. Segundo José Antônio, considerando o número de residentes que atuam na Dona Íris, não seria necessário ter tantos profissionais.

Para Aldair, o trabalho do residente não é suficiente, visto que ele tem que ser sempre acompanhado por um médico, “Eles estão achando que trabalho de residente é suficiente, mas ele é um profissional em formação que só pode atender assessorado por um profissional”, lembrou o vice-presidente.

Perguntado se acredita que a qualidade do atendimento será mantida, Aldair disse que não. “Vai ser afetado sobremaneira. Na verdade, já está sendo afetado desde que a atual gestão assumiu. Havia um contrato que previa uma série de serviços que já foram reduzidos. Secretaria fechou leitos, diminuiu ambulatórios, enfim. A secretária Fátima Mrue como médica é excelente, mas como administradora, vem deixando a desejar”, concluiu.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pinheiro

Está havendo omissão de socorro pelo atendimento da saúde pública, pessoas estão morrendo. A causa é a impunidade garantida pelo poder judiciário que não prende os políticos responsáveis pelos crimes… A impressão é que os 3 poderes da Repúblicas estão em conluio protegendo seus altíssimos salários e mordomias contra os verdadeiros interesses do cidadão contribuinte, que paga tudo, que não tem direito a quase nada.