Prefeitura interdita viaduto próximo ao Flamboyant a partir desta segunda-feira (11)

Nos próximos 30 dias, local receberá obras de reforço estrutural e ampliação da rede de drenagem pluvial

Viaduto da Avenida H com Avenida Jamel Cecílio, no Jardim Goiás | Foto: Reprodução

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) iniciará na próxima segunda-feira (11/9), obras de reforço estrutural e de drenagem no viaduto da Avenida H com a Avenida Jamel Cecílio, no Jardim Goiás, próximo ao Shopping Flamboyant.

O local ficará interditado por um período de 30 dias para a movimentação dos trabalhadores e equipamentos da Seinfra. A Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) disponibilizará agentes para controlar o trânsito e recomenda que os motoristas evitem passar pelo local.

O secretário municipal de Infraestrutura, Fernando Cozzetti, explica que a obra é necessária e será executada preventivamente. “O local é conhecido pelos constantes alagamentos ao longo dos anos e por isso receberá obras de drenagem. Além disso, a estrutura do viaduto precisa dessa conservação estrutural preventiva, para que a população possa trafegar com segurança pelo local”, disse.

O local foi alvo de polêmica no final de ano passado, depois da divulgação de laudo elaborado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO), que apontava fragilidade na estrutura e pedia o bloqueio do tráfego de caminhões e veículos pesados no loca.

Em novembro, o conselho apontou deterioração do revestimento de concreto dos pilares centrais que dão sustentação ao viaduto e a consequente oxidação das vigas de ferro que ficaram expostas, problemas de rachadura da capa asfáltica na via superior, que pode acarretar em problemas de infiltração, e problemas de drenagem, com alagamentos frequentes, especialmente na época das chuvas.

À época, a prefeitura interditou o viaduto por 10 dias, quando realizou serviços de raspagem, escovação das ferragens e aplicação de nova cobertura de concreto no local.

Agora, a Seinfra informa que o reforço da estrutura será feito com a aplicação de malha de aço e cobertura de concreto nas paredes laterais e na parte superior.

Será executada também a ancoragem dos pilares de sustentação do viaduto. Para aumentar a capacidade de escoamento da água da chuva, a rede de drenagem pluvial terá suas dimensões ampliadas e serão construídas novas bocas de lobo dentro e fora do viaduto.

“O nosso objetivo na parte de drenagem é duplo. Por um lado vamos captar a água da chuva antes do viaduto, por meio das novas bocas de lobo que serão construídas nas adjacências. Por outro lado, a ampliação da rede de drenagem vai possibilitar um escoamento pluvial mais rápido e eficiente”, afirmou Cozzetti.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.