Novo decreto de Goiânia prorroga funcionamento do comércio por 7 dias

Quando junho iniciar, cenário será novamente analisado; regras a serem seguidas são as mesmas que já estavam em vigor; novo documento foi publicado devido ao fim da validade do texto que estava em vigência

Prefeitura de Goiânia publica novo decreto e prorroga funcionamento do comércio por 7 dias. | Foto: Prefeitura de Goiânia


Foi publicado pela Prefeitura de Goiânia, nesta quarta-feira, 26, novo decreto que prorroga o funcionamento do comércio essencial e não essencial por mais sete dias a partir de hoje. O decreto anterior, divulgado em 11 de maio, esteve em vigência até esta terça-feira, 25.

O novo documento não altera as medidas de combate à Covid-19 que já estão em vigor. Portanto, atividades religiosas, academias e quadras esportivas podem funcionar com até 30% de sua capacidade. Bares e restaurantes podem ter música ao vivo, até oito pessoas por mesa e limitar em até 50% de sua lotação máxima.

Já o Zoológico de Goiânia e o Parque Mutirama também seguem funcionando e recebendo visitantes. A limitação é de 50% da capacidade. Outros eventos sociais devem respeitar o limite de metade da lotação máxima do ambiente.

O embarque prioritário nos transportes coletivos, durante os horários de pico, continua valendo. O objetivo, conforme a Prefeitura, é evitar aglomerações excessivas. Feiras libres ainda seguem liberadas com permissão de consumo local.

Escolas permanecem liberadas para receber alunos presencialmente e as empresas de construção civil devem seguir buscando seus respectivos funcionários em casa.

É preciso respeitar e seguir todos os protocolos e medidas sanitárias estabelecidas pela Prefeitura, com o uso de máscaras de proteção, higienização das mãos e buscar o distanciamento mesmo em locais fechados.

A partir de 1º de junho, a situação municipal será novamente analisada para a produção de um novo texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.